Warning: DOMDocument::loadXML() [domdocument.loadxml]: Start tag expected, '<' not found in Entity, line: 1 in /home/marmelop/public_html/revistaguiabrasil/revista/wp-content/plugins/premium-seo-pack/modules/title_meta_format/init.social.php on line 449

Itajubá – MG

Por -

Itajubá – MG foi fundada em 19 de março de 1819 e em 27 de setembro de 1848 foi emancipada e, conforme a Lei nº 355, de 27 de setembro de 1848, a abrangência dos seguintes territórios: a “ freguesia de mesmo nome” (que abrangia o atual município e Piranguçú), Cristina (Espírito Santo do Cumquibus), Pedralva (São Sebastião da Capituba), Brasópolis (São Caetano da Vargem Grande) e Delfim Moreira (Soledade de Itajubá). Pouco tempo depois esses territórios foram se desmembrando de Itajubá.

      

 

 

 

 

Fundação da Nova Itajubá

Dois meses depois de sua chegada à Soledade de Itajubá, o Padre Lourenço da Costa Moreira, durante a missa conventual, usou a tribuna sagrada para expor aos seus paroquianos que a má localização da aldeia não era favorável ao desenvolvimento e, do púlpito, convidou seus paroquianos a descer a serra, rumo ao Sapucaí, à procura de um lugar aprazível e bom, no qual se pudesse construir a nova sede da Freguesia. Permaneceria ali a Capela de Nossa Senhora da Soledade.

Na noite de 17 de março de 1819 reuniu o vigário, na Matriz, todos os fiéis que os seguiriam. Na manhã do dia seguinte, após a missa, a caravana rumou para as bandas do Sapucaí. Eram os pioneiros da nova Matriz, que marchavam com a missão de fundar a nova Itajubá.

No dia seguinte, rumando todos para o alto do cômoro, o Ibitira, segundo a denominação dos Puri-Coroados, o vigário se deslumbrou com o que viu. Não era preciso prosseguir a viagem. O local onde estavam lhe parecera excelente para a fundação do novo povoado e a sede da Freguesia. Alí em meio a clareira aberta pelos desbravadores, foi construído um altar e o Cruzeiro onde Padre Lourenço celebrou a primeira missa. Foi nesse altar erguido exatamente onde hoje se encontra a Matriz da Paróquia de Nossa Senhora da Soledade, que nasceu, em 19 de março de 1819, a atual Cidade de Itajubá.

(Dados retirados do livro: “História de Itajubá”- BH / 1987 Armelim Guimarães)

 

CULTURAIS

Espaço Cultural João Baptista Brito 
Praça Theodomiro Santiago, 104 – centro
3692-1808  Segunda a sexta: das 08h às 18h. Entrada franca

 

 

 

Espaço Cultural Luiz Teixeira (Câmara Municipal)
Praça Amélia Braga, 45 –  centro
3629-5322 Segunda a sexta: das 08 às 17 horas. Entrada franca.

 

 

 

 

CACHOEIRAS

Cachoeira da Peroba ou da Peralva ou de S. Sebastião
Estr Peroba, km 23 – Peroba
(particular)

 

 

 

Cachoeira do Ano Bom
Estr Rio Manso, km 1 – Rio Manso
(com estrutura para turismo)

 

 

 

Cachoeira do Corredor
Estr Serra dos Toledos, km 3 – Serra dos Toledos

 

 

 

 

Cachoeira do Dique
Estr Serra dos Toledos, km 4 – Serra dos Toledos

 

 

 

 

Corredeira do Rio Manso
Estr Rio Manso, km 3 – Rio Manso
(navegável no período das chuvas (novembro a março)

 

 

 

Corredeira dos Pilões
Estr Rio Manso, km 12 – Rio Manso

 

 

 

 

Poço da Serra dos Toledos
Estr Serra dos Toledos, km 3 – Serra dos Toledos
(particular)

 

 

 

 

RESERVAS

Horto Florestal Anhumas
Rua Brasópolis, 02 Bairro são Judas Tadeu

 

 

 

 

 

SERRAS E PICOS

 

Pedra de Santa Rita
(1.900m) (1.915m, não oficiais) – Rio Manso  – Ponto culminante do município

 

 

 

 

Pedra da Piedade
(1.118m) – Piedade

 

 

 

 

Pedra Preta

(1.250m) – Pedra Preta

 

 

 

Pedra Vermelha
(1.138m) – Berta

 

 

 

 

Pedra do Frade
(1.223m) – Ano Bom

 

 

 

 

Pedra da Estância
(1.300m) – Estância

 

 

 

 

Pedra do Gavião
(1.171m) – Santa Rosa

 

 

 

 

FONTE (Textos e Fotos): Prefeitura Municipal de Itajubá – Secretaria Municipal de Turismo e Cultura.

Fotos da galeria: Jair A. Oliveira

Revista Guia Brasil é uma revista eletrônica de turismo. Aqui você encontra informações sobre lugares, eventos e ainda conta com um Guia Comercial com informações de lojas, hotéis, pousadas, restaurantes e muito mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>